Número de crianças compartilhando nudes mais que dobrou em 2020

  • 09/12/2021
Número de crianças compartilhando nudes mais que dobrou em 2020
Número de crianças compartilhando nudes mais que dobrou em 2020 (Foto: Reprodução)

O número de crianças de 9 a 12 anos que compartilham nudes mais que dobrou em 2020, procupando organizações que combatem o abuso sexual infantil

Em 2019, cerca de 6% das crianças de 9 a 12 anos relataram que compartilhavam fotos nuas. Esse índice mais do que dobrou para 14% em 2020, segundo uma pesquisa divulgada em novembro pela organização Thorn, que combate a exploração sexual de crianças. 

O aumento entre crianças foi muito maior do que o observado entre adolescentes de 13 a 17 anos, cujo aumento saltou de 15% em 2019 para 19% em 2020. 

No geral, em 2019, 11% de todos os menores compartilharam suas próprias fotos nuas. Em 2020, esse número saltou para 17%.

Segundo a Thorn, essas fotos são definidas como SG-CSAM (sigla para Material Autogerado sobre Abuso Sexual Infantil). São imagens explícitas tiradas pela própria criança, sem nenhuma coerção.

O estudo também investigou o caso de crianças que sabem que seus amigos próximos compartilham nudes de outras crianças. Entre a faixa de 9 a 12 anos, o salto foi de 7% em 2019 para 16% em 2020. Entre 13 e 17 anos, porém, a porcentagem diminuiu de 15% para 13%.

Com base nos dados do estudo, os pesquisadores sugerem que “menores podem estar operando com menos supervisão no universo online, especialmente entre 9 e 12 anos de idade, em comparação com os números de 2019”.

Crianças estão imersas no YouTube

Quando se trata da rede social usada com mais frequência pelo grupo de crianças e pré-adolescentes, o YouTube está à frente. Plataformas como Instagram, TikTok, Snapchat e Facebook também têm uma grande influência.

Cerca de 80% dos menores acessam o YouTube pelo menos uma vez por dia, e 78% afirmam compartilhar sua própria SG-CSAM lá. 

As crianças e adolescentes foram questionadas se acreditam que a pandemia de Covid-19 e os lockdowns tiveram um impacto nas experiências de SG-CSAM de seus amigos, mas ficaram divididos: aproximadamente 50% acredita que houve influência, enquanto 50% considera que não.

Os nudes e imagens de apelo sexual entre crianças se tornou uma área de preocupação para a Thorn. “Isso apresenta riscos distintos para as crianças e desafios únicos para as comunidades comprometidas em protegê-las”, observaram os pesquisadores. “As intervenções que buscamos devem ser adaptadas exclusivamente às experiências dos menores e dos infratores que podem apontá-los para a vitimização.”

A pesquisa foi realizada de 26 de outubro a 12 de novembro de 2020, com cerca de 2.002 crianças dos Estados Unidos, sendo 742 da faixa etária de 9 a 12 anos e 1.260 adolescentes de 13 a 17 anos.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/familia/numero-de-criancas-compartilhando-nudes-mais-que-dobrou-em-2020.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. Deus Proverá

Gabriela Gomes

top2
2. Algo Novo

Kemuel, Lukas Agustinho

top3
3. Aquieta Minh'alma

Ministério Zoe

top4
4. A Casa É Sua

Casa Worship

top5
5. Ninguém explica Deus

Preto No Branco

Anunciantes